domingo, 8 de julho de 2012

Tambien Te Amo Papa


Mais uma vez senti o meu coração ser arrebatado do meu peito de uma forma descomunal. Desta vez não consigo explicar com palavras a dor que trago neste momento….É como se me tivessem a tirar o ar e ao mesmo tempo arrancaram-me o coração do peito a sangue frio. Sei plenamente que umas das leis da natureza é “nos nascemos, vivemos e morremos”….Mas a perda inesperada de um familiar é algo que para o qual nos não estamos minimamente preparados………ainda quando se trata de um pai….Do meu Pai.

Ainda não consigo acreditar que já passou um mês que partiste…..Ainda simplesmente não cai em mim…ou melhor vou caindo aos poucos porque vou sentindo falta dos nossos pequenos momentos…..Das nossas risadas……dos teus conselhos….Ate mesmo de quando me chamavas atenção…… Sinto falta do cheiro que deixavas na casa de banho depois de fazeres a barba…. Do teu abraço pai e principalmente do teu beijo de boa noite. Custa-me tanto porque perdi uns dos meus pilares…..Um dos meus ideais.

As vezes confesso sinto-me culpada……..Se eu tivesse atendido a tua chamada pai….Será que estarias aqui comigo? Será que eu nessa altura poderia ter impedido a tua loucura? Penso no meu futuro e vejo-me dentro de um barco a navegar em um mar agitado pelo vento e tu eras o meu porto seguro….Tu eras a minha bússola…..Tu eras a luz que guiava o meu caminho e que me conduzia a razão e neste momento sinto-me tao perdida pai……Preciso de ti ao pé de mim…….

Eu quero acreditar profundamente que isto não passa de um sonho….Estou completamente desesperada para que o despertador me acorde desta terrível fantasia….Não consigo viver neste mundo sem a tua presença…… as tuas últimas palavras para mim foram “Era só para Dizer que Te Amo” daria a minha vida neste momento para poder olhar-te nos olhos e dizer-te que TAMBIEN TE AMO PAPA…..

RIP – Victor M.F 29-Maio-2012


video




quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Folha Em Branco


Certo dia, um professor estava aplicando uma prova aos alunos, em silêncio tentavam responder as perguntas com uma certa ansiedade.

Faltavam uns 15 minutos para acabar o teste quando um aluno levantou o braço e disse:

- Professor, pode dar-me uma folha em branco?

O professor levou a folha até a sua carteira e perguntou, porque queria mais uma folha em branco?

Ele respondeu:
- Eu tentei responder as questões, rabisquei tudo, fiz uma confusão danada e queria começar outra vez.

Apesar do pouco tempo que faltava, o professor confiou no rapaz, deu-lhe a folha em branco e ficou torcendo por ele. Aquela atitude causou-lhe simpatia.

*_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ *

A vida esta feitas de paginas rasgadas ou acrescentadas em um velho livro, que para a crença de alguns este supostamente já foi escrito, estando os nossos destinos traçados de alguma forma. Eu acredito plenamente que nos somos donos do nosso próprio destino e que a escolha de seguir num caminho ou no outro depende exclusivamente das opções que tomamos no dia a dia.

Este episódio simples, me pôs a pensar quantas pessoas receberam uma folha em branco e simplesmente não aproveitam a oportunidade para escrever correctamente, pegam no pedaço de papel e só fazem rabiscos, confusões, tentativas frustradas e uma confusão danada.

Acho que, agora, seria um bom momento para pedir a Deus uma folha em branco; uma nova oportunidade para ser feliz. Assim como tirar uma boa nota depende exclusivamente da atenção e esforço do aluno, uma vida boa, também depende da atenção que dermos aos ensinamentos do Nosso professor.

Não importa qual seja a idade, condição financeira, religião, levante o braço, peça uma folha em branco, passe sua vida a limpo.

Não se preocupe em ser o melhor; preocupe-se apenas em reconhecer que só você não pode.

Hoje sem duvida Agradeço a Deus pela folha em branco que me Deu.